O Instituto Compartilha tem visitado diversos municípios do Estado do Ceará com o objetivo de ofertar Apoio à Assistência à Saúde voltados aos equipamentos de atenção básica (postos de saúde e unidades básicas de saúde), média e alta complexidade (policlínicas, CAPS, UPAS e hospitais) presentes nas cidades.


Firmada a parceria com o instituto Compartilha, a equipe técnica especializada em serviços de saúde composta por profissionais nas áreas de enfermagem, engenharia, arquitetura, terapia ocupacional, contabilidade, psicologia, sociologia, serviço social, segurança do trabalho, tecnologia da informação (TI), entre outros, propõe ações com o objetivo de trazer melhorias aos serviços de saúde prestados aos pacientes atendidos pelo SUS.

O Instituto
Ao longo de seus 60 anos a Sameac desenvolveu e aplicou soluções para diversas outras organizações. Em sua nova fase de atuação, torna-se Instituto Compartilha e propõe-se a dispor sua expertise; o conhecimento construído ao longo do tempo; a uma rede de desenvolvimento de ações que promove ganho social e autossustentabilidade às instituições parceiras. A partir de 2016 a perspectiva dos serviços concentra-se, em especial, na oferta de serviços de apoio à área de gestão em saúde; tanto para instituições de natureza pública quanto privada.


O Instituto Compartilha, antes Sociedade de Assistência à Maternidade Escola Assis Chateaubriand - Sameac, inicia-se em 1955 através de uma campanha popular para a construção da primeira maternidade de Fortaleza, denominada posteriormente, Maternidade Escola Assis Chateaubriand. Construída a MEAC, a Sociedade a oferece em doação à Universidade Federal do Ceará, iniciando uma parceria de gestão, que duraria mais de 60 anos, para este e outros estabelecimentos de saúde da UFC, como o Hospital Universitário Walter Cantídio e o Centro de Hematologia e Hemoterapia do Ceará - HEMOCE, onde continua atuando.


Nossa missão é oferecer práticas de excelência e desenvolver soluções inovadoras nas áreas de gestão, assistência, pesquisa e ensino para as organizações de saúde ou similares, em território nacional e internacional, a fim de colaborar na implementação das políticas públicas de saúde sob a perspectiva de melhorar a vida humana.